Eu gostaria de uma resposta. Só isso..



..e nada mais.
Uma resposta para essas lágrimas que arranharam meu rosto ao ver a primeira foto. Uma resposta por tanto desequilíbrio e sofrimento.
De um lado, pessoas esperam a Morte chegar aos poucos, veêm seu corpo tomando formas assustadoras, sua saúde cada vez mais debilitada e vão enterrando os mais fracos. Ninguém consegue ajudá-los.
Uma ou outra pessoa tem espírito bom e puro, e tenta fazer o máximo que seu ser pode para ajudar os irmãos tão sofridos e rodeados por moscas.
Entretanto, os governadores são cruéis. Preocupam-se com petróleo, territórios, ditaduras, viagens e em roubalheiras.
Mas quem precisa deles mesmo são seus irmãos, seus próximos, criados pela mesma força que nos une num laço desfiado.
A fome dói, machuca, fere por dentro e por fora.
A criança acima procura alimento até nos lugares impossíveis, e, nesse mesmo tempo, sua mãe também anseia por comida e seu corpo está completamente destruído pela crueldade dos homens.
O mundo é duro, e o capitalismo é tirano.
Estou chorando de novo, mas não consigo me conter. Eu aqui, - como o garotinho da segunda foto - tenho alimentos de sobra, quando me dá fome eu abro a geladeira e se canso daquele prato de comida, empurro-a com o garfo lixo adentro.
Reclamo se tenho umas sobrinhas no quadril, quase inexistentes, e já fico pensando numa dieta.
Todos nas mesmas condições que eu são assim, afinal.
O pior mesmo é que diversas pessoas podem olhar para essas fotos e me achar mais uma ridícula fingindo ser socialmente correta. E nem sequer pararem para pensar (ou escrever) sobre o mundo. Dessas, talvez eu sinta mais pena do que quem passa fome.
Coitadas. São mais um fator para nossa subtração de aliados a salvar o mundo.
Eu escrevi em meu blog antigo, e escrevo nesse outra vez. Eu preciso e quero salvar o mundo.
Se alguém souber como, por favor, fale.







3 leitores interessados:

Psicodellicuss Girl disse...

Difícil imaginar uma situação assim. Enquanto alguns q tem tudo n dão valor, outros q quase ñ tem, valorizam aqle pouco.
Mais difícil ainda é encontrar uma solução p todos esses problemas, mas enquanto n encontro vou fazer a minha parte e tentar ajudar da maneira q posso.

nutcracker. disse...

às vezes eu me sinto muito culpada. não precisa ir longe pra ver gente na miséria total, morrendo de fome e sem nenhuma oportunidade. e eu comprando roupas caras ;P
sempre que eu posso, tento ajudar... mas sei lá, ainda não consegui pensar em uma maneira grande de ajudar o mundo. uma pessoa sozinha não faz nada, mas se todo mundo se mobilizasse, a gente podia mudar alguma coisa...

;*

Psicodellicuss Girl disse...

Oi
Obrigada por ter visitado o meu tbm, espero q tenha gostado
E saiba q ele está sempre c novidades esperando pessoas cm vc.
Sempre procuro outros blogs p visitar através d blogs q me visitam e comentam, assim q achei o seu, é mto bom fazer sempre isso.

Bjus!

Copyright © 2008 - Saumench Leden - is proudly powered by Blogger
Blogger Template