Meu passado oculto

Eu confesso: tenho um passado que me condena, e, cá entre nós, MUITO.
Tenho uma vergonha absurda de contar isso a alguém, mas, já que eu me doo (nova regra ortográfica, lembra?) inteira para o Tudo de Blog, vou abrir o jogo:
Eu era apaixonada pela Kelly Key. (ok, podem me matar agora)
Cantava as músicas dela direto, dançava, queria ser igual a ela, admirava-a e tal ... Hoje eu me arrependo demais disso, mas me perdoo (again!), pois só tinha uns oito ou nove anos.
O que mais me surpreende hoje, não é a questão de ter sido fãzona dela, mas o fato de ela continuar cantando e fazendo sucesso, com suas letras vulgares, melosas e vozinha irritante.
E, o pior: joguei meu antigo CD dela por aí, e minha irmãzinha de oito anos o encontrou, e não para de ouvi-lo e de cantá-lo no chuveiro.
Ok, eu mereço. Concordo que é um castigo à altura.

P.S. Quem gosta de Kelly Key, por favor, NÃO ME LEVE A MAL, eu escrevi de acordo com a minha opinião e experiência de vida.

2 leitores interessados:

A n i n h a a disse...

hujhuhSHAsh
Kelly Key é tensoo :z
pior que as musiquinhas dela grudam na mente e não saem mais.

Kelly Key lembra meus verões passados, quando um amigo comprou o cd dela pra zoar, e não conseguia parar de ouvir (até hoje eu alastro ele por isso hashuas)

beiijos lindona :*

Dama de Cinzas disse...

Todos temos um artista brega como ídolo... rs

Beijocas

Copyright © 2008 - Saumench Leden - is proudly powered by Blogger
Blogger Template